sábado, 25 de junho de 2011

C'EST FINI! Os Passaportes chegaram.

Pronto, hoje chegou os nossos passaportes com os vistos do consulado. Estávamos muito ansiosos, pois um casal de amigos já tinham recebido esta semana os passaportes, e eles receberam a ligação do envio da carta no mesmo dia que nós.

Então estava lá, eu na frente de casa, me preparando para sair com a minha esposa, quando vejo na outra rua o carteiro entregando as cartas de casa em casa. Pensei: "Será que a carta do consulado esta na bolsa dele?". Tava tão agoniado que quase fui perguntar diretamente, mas pacientemente esperei ele terminar. Ai, ele veio para a nossa rua, fiquei de dedos cruzados, mas quando ele chegou, tirou apenas uma cartinha para o meu cunhado. Caramba! Que banho de água fria, cheguei a ficar chateado, mas depois ele disse "Aproveitando que tem alguém em casa, tem um documento para ser assinado!".  Ai sim!!! A danada tava na bolsa, que felicidades.

Depois de quase 4 anos, pois não estou contanto apenas 1 ano e 6 meses de processo. Nós começamos nossa trajetória desde o final de 2008, quando olhei o orkut de um colega Robson Cunha, e na foto do perfil dele, ele com duas bandeirinhas, uma do Canadá e outra do Brasil, questionei, e ele nos deu algumas orientações, acompanhamos o seu blog e dai outros blogs também. No momento que recebemos os passaportes, nos fez lembrar de todo o processo, de quando estávamos com o dindin super apertado, e resolvemos dar passos de tartaruga. Primeiro minha esposa fez o curso de francês, depois foi a minha vez. Começamos a juntar o que sobrava no final do mês para o processo, e era bem pouco para começar a pagar a primeira taxa, mas fomos com paciência. Começamos a levar nome de "amarrados" pelos nossos amigos, mas por mais que explicássemos o que estávamos fazendo, ninguém entendia o sacrifício. Tivemos varias emoções durante este processo: Alegrias, tristezas, angustias e raiva (A demora do consulado), mas sem deixar de lado o mais importante, a "FÉ". Não deixamos de acreditar no nosso objetivo. Nós íamos trabalhando, pesquisando, estudando e Deus nos guiando durante esta jornada.

Já compramos nossas passagens pela AIRCanada para o dia 14 de agosto, estamos aguardando a abertura de nossa conta no Banco Desjardins  (Depois explicaremos como é o procedimento para abertura de conta com um banco) e já conseguimos a reserva de um apartamento na cidade que iremos morar, e também já esta mobilhado, pois a Nick  doou seus moveis(em ótimo estado) para nós. Já estávamos preocupados em comprar móveis, pois o apartamento estaria vazio. Vamos chegar sem precisar sentar no chão. Heheheheheheheh...

Agradecemos a todos que nos apoiaram, grandes abraços e bjos!!!!!!
.

sábado, 11 de junho de 2011

Diário de um Argentino em Toronto!

Peguei este video muito engraçado no blog de Lu & Fred. Não é para desencorajar ninguém!!!! Desculpem-me pela tradução meia-boca.

video


12 de agosto:
Finalmente hoje eu me mudei para minha nova casa, em Toronto. Que paz há aqui, que campo bonito. Não posso esperar para ver a montanhas cobertas de neve.
Que bom ter deixado para trás o calor, a umidade e os mosquitos, isto sim é que é vida.

14 de outubro:
Isto é o mais lindo que eu vi na minha vida, as cores das folhas, caminhar pelos bosques. Esta manhã,vi um cervo, que animal tão bonito, seus chifres parecem uma coroa, sem dúvida, é o rei da floresta. Canadá é o paraíso, e pensar que eu sofri tantos  anos naquele inferno que é Santa Fé.

02 de dezembro:
Nevou na noite passada, que alegria, eu acordei e estava tudo coberto de neve, parecia um cartão postal, sai para apanhar a neve e estava tão feliz que eu rolei por cima dela.
Depois jogamos uma guerra de bolas de neve com os vizinhos. Que lindo é viver aqui.
A escavadeira passou limpando as ruas e tive que tira a neve novamente. Que Feliz que eu sou.

20 de Dezembro:
Voltou a nevar a noite, quando eu terminei de apanhar, passou novamente a escavadeira e outra vez encheu toda a frente de minha casa de neve suja, eu estou um pouco cansado de remover a neve. Hoje eu liguei para meu primo em Santa Fé e ele foi com a família ao balneário de Guadalupe.

25 de Dezembro:
Feliz Natal. Aqui não para de cair esta merda branca. Minhas mãos estão calejadas por causa da pá. Eu acho que o corno do motorista, me vigia e apenas termino e volta a passar e me enche de neve tudo outra vez. Foda-se a escavadeira e o fresco que a conduz.

31 de Dezembro:
O idiota do noticiário voltou a se equivocar, em vez de 30 centímetros, caíram 98 centímetros. Não há como comemorar o ano novo, ninguém pode deixar sua casa por causa da puta neve. Estou cansado e me sinto muito solitário. Liguei para meu primo e o viado não pôde atender, porque estava na piscina, então certamente eles assarão um porco no quintal e eu aqui sem poder asoar o nariz.

20 de Fevereiro:
Hoje pude sair para ir ao supermercado, pelo caminho cruzou um cervo de merda e tentando me esquivar bati numa arvore, filho da puta este puto animal, o conserto do carro vai me custar uma costela e meia. estoy convencido que Dios hizo a los ciervos para cagarlo a uno. Gostariam que caçadores matassem todos eles.

02 de Março:
Ontem eu escorreguei no gelo e quebrei uma perna, depois o filho da puta da escavadeira e voltou a passar e tenho neve na bunda. Eu quero vender a casa para que eu possa ir para o inferno.

20 de Abril:
Já tirei o gesso, chamo o mecânico e ele disse que o conserto do carro vai sair o dobro porque o chassi estava podre por culpa do sal que usam para derreter neve merda.
Foda-se o carro, a neve, o mecânico e toda a população de Toronto.

Quinze de maio:
hoje, finalmente, vendi a casa a um corno de um canadense. Na verdade,
Quem você acha que vêm viver nesta merda, fria e solitária? Amanhã volto para Santa Fé, não posso ver a hora de chegar ao poder desfrutar do calor, da umidade e dos mosquitos e bem que eu vou comer um “SAUCE VIEJO" torrado, e depois logicamente o puto do meu primo.
isto sim é que é vida.